Especialista fala sobre a importância do assoalho pélvico para a saúde feminina

Especialista fala sobre a importância do assoalho pélvico para a saúde feminina

O pode ser um grande aliado na saúde feminina, a treinadora física Miranda Mazzolani explica os benefícios.

O assoalho pélvico é um grupo de musculatura localizada no corpo da mulher, que fica entre a vagina e o ânus. Ela envolve os órgãos pélvicos, incluindo a bexiga e o útero, e possibilita o fechamento instantâneo da uretra e do reto, garantindo o autocontrole urinário e fecal. É muito importante que as mulheres fortaleçam essa musculatura o mais breve possível, assim como se dedicam aos exercícios físicos comuns.

Além disso, durante a gestação, o útero costuma ficar mais pesado e a musculatura enfraquece facilmente. Na gravidez e na menopausa, é normal que ocorra uma perda de colágeno e isso pode prejudicar o fortalecimento do assoalho pélvico. A obesidade também é um fator relevante, ou seja, é estritamente necessário dar atenção ao assunto. Essa dificuldade de manter o autocontrole pode ser notada ao levantar-se de uma cadeira ou sofá e sentir pequenas gotas de urina saírem, o que podemos caracterizar como uma incontinência urinária.

O fato é que prorrogar a busca por soluções é o que mais acontece, embora seja o oposto do que os especialistas recomendam. Há dúvidas sobre cirurgias, é bom esclarecer que o tratamento não é cirúrgico, apesar de necessário quando o problema se torna crônico. Por este motivo, cuidar com antecedência é o mais importante. Mas não para por aí, os benefícios dos exercícios para fortalecimento são inúmeros, entre eles estão: a melhora da postura da mulher e a imediata evolução na relação sexual.

“Ele sustenta órgãos abdominais e pélvicos, mas com o passar do tempo se desgasta como qualquer outro músculo. Tratando-se dele, o envelhecimento pode ser prejudicial à saúde feminina. Com isso, é importante cuidar da musculatura desde cedo, prevenindo a incontinência urinária e colhendo os frutos de outras formas, como na hora do sexo”, explica Miranda Mazzolani.

Saiba como exercitar o assoalho pélvico em casa:

O primeiro a fazer é iniciar uma repetição de três séries com 15 segundos cada e um descanso de outros 15 segundos entre elas. Ao concluir, você deve parar um pouco e recomeçar.

1 – Sente-se em uma cadeira ou um lugar confortável, deixe os ombros relaxados e a coluna solta. É bom que faça uma ativação abdominal também. Coloque uma blusa, travesseiro ou almofada entre os dois joelhos e respire fundo inalando o ar pelo nariz e soltando pela boca.

2 – Faça isso diariamente em casa, lembrem-se do objeto que precisa ser dobrável para colocar entre os joelhos e assim concluir essa pressão e a ativação do músculo.

3 – Não esqueça! Na ativação é importante fazer a contração dos glúteos, do ânus e do períneo. A musculatura precisa ser contraída e estimulada.

 

Crédito Gabriel Bertoncel

_____________________________________________________________________________

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião do EGOBrazil

Em tempos de coronavírus e desinformação, o EGOBrazil continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você um conteúdo profissional, enviando sua sugestao de pauta para nosso email contato@egobrazil.com