O apresentador e jornalista Juliano Ceglia - Foto: RecordTV

A Fazenda 12: Juliano Ceglia vence segunda prova de fogo

derrotou Mateus Carrieri e Selfie na segunda prova de fogo de 12 na tarde deste domingo (20). A prova foi realizada após um sorteio e exibida parcialmente pelo PlayPlus. Seguindo a regra, Selfie e Carrieri foram direto para a baia e escolheram respectivamente Lidi Lisboa e Barbosa para descerem junto.

Antes da atividade houve novamente um sorteio de ovos nos ninhos numa parede nas cores vermelho e dourado. Cada peão sorteou um. Quem tirou o ovo dourado escolheu o peão para participar da prova de fogo. entregou o seu ovo dourado para Lucas Selfie, Luíza Ambiel entregou a Mateus Carrieri e Victória Villarim para Juliano Ceglia.

Nesta semana, um dos poderes do lampião será o direito a vetar um dos quatro roceiros de participar da prova do fazendeiro, mandando-o direto para a disputa pelo voto do público. O outro poder só será revelado na próxima terça-feira (22), durante a formação da roça.

Nesta atividade, os competidores precisavam construir uma torre igual à torre gabarito que estava exposta no centro do espaço da prova, mas eles só poderiam utilizar os pés para construir essa torre, e pegar as peças com as mãos. Só era permitido trazer três peças por vez dentro da cestinha, não lotar a cesta.

Foi exatamente nesse vai e vem que os participantes começam a se cansar. Para se movimentar, havia uma ponte com plataformas que cada um poderia se locomover se arrastando pelo trilho e pisando em cada plataforma. Foi uma prova de resistência física e mental. Os três peões adotaram a estratégia de trazer as peças e depois montar.

Juliano começou a montar a torre com os pés na frente dos demais. Lucas deixou as peças bagunçadas e precisou organizá-las primeiro; quando a prova estava praticamente empatada, entre Lucas e Juliano, Mateus chegou com as últimas peças.

Enfim, Juliano bateu o sino da prova e sagrou-se novo dono do lampião dos poderes das chamas.

Mateus chorou em seu retorno à sede e disse que se sentiu envergonhado por não ter acompanhado os meninos na prova. Juliano, Rodrigo Moraes, JP Gadêlha e consolaram o colega.

 

_____________________________________________________________________________

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião do EGOBrazil

Em tempos de coronavírus e desinformação, o EGOBrazil continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você um conteúdo profissional, enviando sua sugestao de pauta para nosso email contato@egobrazil.com